Arquivo de Categoria

Lifestyle

Som na pele

E se as tatuagens fossem algo mais do que arte visual? Sim, isso é possível, pelo menos é o que garante um tatuador de Los Angeles chamado Nate Siggard, que trabalha em app chamado “tatuagens sonoras” onde será possível ouvir a sua tatoo.

A ideia do aplicativo é gerar um padrão de ondas sonoras baseadas num mini ficheiro de áudio – que pode ser voz, música ou apenas uma série de ruídos. Esse padrão é então tatuado na pele e assim poderá ser lido pela sua câmara de smartphones, transformando imagem em som, por assim dizer.

Siggard, criou uma tatuagem sonora da voz de sua namorada e da gargalhada feliz de seu bebê. Tá imaginando?

O aplicativo ainda não foi lançado, mas a Skin Motion da Siggard planeja disponibilizá-la em junho de 2017 em parceria com tatuadores do mundo todo, afim de certificá-los para realizarem os projectos.

Google, cada vez mais, uma viagem

Aplicativo/Lifestyle/Site/Tecnologia/Viagem

O Google lançou uma versão atualizada do aplicativo Google Earth para web e Android – a versão para iOS será lançada em breve – com visual repaginado e melhorias no recurso 3D e visitas guiadas por profissionais. Usuários do Chrome já podem usar a nova versão para desktop.

Google Earth Voyager

Não restam dúvidas de que o principal destaque do Google Earth é a opção “Voyager”, onde os usuários podem fazer visitas virtuais guiadas por diversos pontos importantes do planeta, com conteúdo organizado por cientistas sem fins lucrativos, assim, você poderá conhecer esses locais com mais precisão e informações concretas.

O Spotify aceita meia

Aplicativo/Lifestyle/Música/Tecnologia

Estudantes pagarão metade do preço para usarem o Spotify em sua versão paga. Por R$ 8,50 por mês e com validade durante todo o período universitário, alunos matriculados em instituições de ensino superior credenciadas terão acesso ao player com todos os benefícios da “versão normal” de R$ 16,90. É necessário a comprovação de matrícula assim como sua renovação a cada 12 meses.A oferta está disponível a partir de hoje e vale para os anos em que o aluno esteja matriculado, desde que comprovado o vínculo com a instituição de ensino a cada 12 meses.

Com o acesso a versão premium, os universitários terão a sua disposição mais de 30 milhões de músicas, biblioteca offline, além da possibilidade de ouvir músicas e álbuns inteiros offline, tudo sem interrupções dos incômodos anúncios.

Para assinar o Spotify pela metade do preço, o estudante precisa se registrar no site spotify.com/student e confirmar dados como: nome, instituição de ensino válida, e-mail, data de nascimento e outras ‘cositas’ mas; com isso, sua conta estará ativa por 12 meses, podendo ser renovada mais três vezes. Todos os detalhes, você pode consultar na página em português: spotify.com/br/legal/student-discount-terms-and-conditions, mas corra, que essa oferta é por tempo e quantidades limitadas.

O peso do Sampleados

Lifestyle/Música

A web série Sampleados é projeto de extensão universitária da Faculdade Estácio FAP que tem por objetivo o debate sobre a arte e as novas possibilidades de fazer cinema, divulgando a cultura do estado e capacitando jovens para o mercado audiovisual.

Sempre com a temática regional (confira no Canal Platô, todos os episódios), Sampleados busca valorizar a cultura nortistas através da música e de imagens reconhecidamente amazônicas, a Platô, produtora responsável pelo projeto, buscou, em seu mais recente episódio, homenagear os 390 anos do mercado símbolo da capital paraense, o Ver-o-peso, maior feira a céu aberto da América Latina.

O episódio especial é estrelado por Nanna Reis, Jeff Morais, Gina Lobrista, Juca Culatra, Joelma Klaudia e participação especial de Pinduca, Larissa Ricca, Jamil Rebelo, Márcia Ribeiro e Elzir Cruz.


Platô Video, 2017 – contato@platovideo.com.br
Sampleados: Especial de Ver-o-Peso

Direção/Edição: Leo Platô
Produção Musical: Dj Will Love
Produção: Tainah Vilhena

Câmera: Leo Platô, Ellyton Lameira, Luan Rodrigues e Kassio Geovanne. Drone: Yully Noronha. Assistentes de produção: Carine Moara, Harrisson Lima, Caroline Torres, Felipe Prestes, Jacqueline Costa, Arielle Quaresma e Roberto Jânio.

Os melhores filmes das últimas décadas em um único clipe

Animação/Arte/Ilustração/Lifestyle/Música

A banda CRUISR, lançou, já há algum tempo, o clipe “All Over“, que reúne em uma animação de 3′, cenas clássicas de filmes das últimas décadas, desde ‘Psicose’, de Hitchcock, passando por ‘Pulp Fiction’ de Tarantino e por ‘Ela, do diretor indie Spike Jonze.

O grande barato de assistir ao clipe, é acompanhar a música tentando descobrir qual é a cena.

 

E se o mundo fosse todinho música?

Lifestyle/Música

Imaginem que cada país é uma canção… imaginou? Em londres, Doroty, um estúdio de artes gráficas transformou o mapa mundi em um mapa musical, com cada país, continente ou região, devidamente representados por uma música popular.  São ao todo 1.200 músicas e 200 referências.

No line up, estão listados: “New York, New York” (cantada por Frank Sinatra), “London Calling” (The Clash), “Back In The USSR” (The Beatles), assim como, “Isolation” do Joy Division, para Coréia do Norte, entre outros…

No Brasil, temos: “Welcome to the Jungle”, do Guns N’ Roses, na região da amazônica, “Sao Paulo Rain”, do britânico Tom McRae, e “Tropicalia”, de Caetano Veloso estampado no mapa do país.

Confira o mapa completo aqui

Manoel de Barros, musicado e animado

O projeto Crianceiras, que já é CD e espetáculo, agora também virou um aplicativo cheio de animações para levar a poesia de Manoel de Barros, as crianças, de forma lúdica e interativa.

Crianceiras, foi lançado com dez clipes animados, além de quatro poesias interativas e de um “caderno” no qual os leitores podem interagir com as palavras e ver animações, sons e definições. Os poemas foram musicados pelo compositor Márcio de Camillo e iluminuras da Martha Barros, filha do poeta.

Bruna Pligher, responsável pela direção e produção, afirmou:

Nada vai substituir a poesia em seu estado mais puro. Mas o app serve como um convite à poesia e a apresenta em uma nova forma. Colocar a obra do poeta numa tecnologia de que as crianças gostam pode provocar nelas uma nova percepção da arte e aumentar o interesse pelos livros do Manoel.

O app oferece quatro recursos: clipes, poesias, desenhar e foto e pode ser baixado gratuitamente para iOS e Android.

Snap Glass

Gadgets/Lifestyle/Moda/Tecnologia

Imagina você com um óculos com jeitão fashion que tem uma câmera para fotografar e gravar vídeos curtos, de dez segundos. Imaginou?

A Snap (esse é o novo nome da empresa criadora do Snapchat) anunciou a chegada do Snapchat Spectacles, um óculos de sol estiloso – nada tem a ver com o Glass, do Google, nem em designer nem em propósito -, que grava vídeos de até 10 segundos, podendo repetir a operação mais duas vezes, obtendo então uma gravação de 30 segundos.

Os vídeos são gravados em uma angulação de 115º, imitando a visão humana, mas suas exibições são ajustadas conforme o smatphone do usuário. A bateria dura cerca de 24h e é possível recarregar através de cabo USB, bem como por sua caixinha, que carrega os óculos por meio de indução.

 Os vídeos são sincronizados com os smartphones através de uma conexão Wi-fi, podendo os usuários do iOS fazer uso da conexão bluetooth. Os óculos serão lançado em três cores, ainda em 2016, mas as unidades são limitadas a um preço de US$ 130.

Defenda-os!

Animação/Lifestyle/Saúde

Preocupada em contribuir com as políticas públicas de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolecentes, a Rede Marista de Solidariedade lançou a Campanha ‘Defenda-se’.

O projeto busca agir no campo da prevenção, promovendo a autodefesa de meninos e meninas contra o abuso e a exploração sexual por meio de vídeos educativos, disponibilizados em versões para compartilhamentos e downloads, em três idiomas e ainda com uma versão inclusiva, descritiva e também em líbras.

O material ilustrado, representa situações cotidianas em que a criança pode se defender, usando uma linguagem simples, porém direta para o público, mostrando como podem identificar e se defender em caso de abusos. Os vídeos, orientam também, como relatar a violência para alguém de confiança e fazer a denúncia diretamente para os canais de denúncia existentes, como o Disque 100, que recebe e encaminha denúncias de violações de direitos humanos.

Assista, mostre aos pequenos e compartilhe esse post.

O bom e novo médico da família

Aplicativo/Lifestyle/Tecnologia

Lançado em 2015 em Curitiba, o Docway é um aplicativo que permite que se chame um médico com a mesma facilidade em que se pede uma pizza ou táxi, por exemplo, e para ter essa possibilidade, basta morar na capital paranaense ou em São Paulo (por enquanto o app só opera, sem trocadilhos, nestes locais) e instalar gratuitamente e preencher um pequeno cadastro, depois é só encontrar um médico da especialidade (e do preço) desejada(o) e agendar a consulta.

Se o seu caso for uma emergência, o caminho é o mesmo, só que nestes casos a consulta sai por um valor fixo de R$ 200,00, mas nestas horas, o importante é saber que em um intervalo de no máximo 3 horas um médico estará batendo a sua porta.

“Além de ser muito prático, a gente acredita que o sistema serve para resgatar o contato humano entre médicos e pacientes, renovando a tradição de visitas domiciliares”, diz Fábio Tiepolo, CEO da Docway.

A rede credenciada, por assim dizer, até a data deste post, é de aproximadamente 1000 médicos das mais diversas especialidades, cada um com área de atuação e valor de consulta pré-definidas. Marcar consulta é muito simples e o pagamento é feito pelo próprio aplicativo via cartão de crédito.

Docway possui também um sistema de avaliação, que não fica disponibilizado aos próximos pacientes, infelizmente, mas isso é uma norma do Conselho Federal de Medicina, no entanto, Tiepolo garante que o aplicativo passa a sugerir em destaque os mais bem avaliados e excluir os médicos com reincidencias em avaliações negativas.

Segundo o CEO, o número de médicos está crescendo rápido. “Hoje o SUS paga 12 reais por uma consulta. Um plano de saúde privado paga 30. Vale muito mais a pena para um médico cobrar R$ 100 ou R$ 150 para atender alguém em casa”, diz. A Docway fica com uma fatia de 15%.

O app está em expansão e já almeja os mercados de Belo Horizonte, Manaus, Goiânia, Florianópolis, Porto Alegre e Salvador. No próximo mês, algumas novidades estão previstas.

“Vamos integrar o Docway ao Uber, para que um médico possa ir à consulta de Uber, e o preço da corrida já seja automaticamente acrescido ao da consulta.”

Hoje a capacidade é de até 200 atendimentos  por mês, mas a projeção para 2016 é de um crescimento de 70 vezes, além de possibilidades como, agendar atendimentos de emergência com apenas uma hora de antecedência.

Go to Top